quinta-feira, 22 de maio de 2014

Sobre Terapia...

Terapia é uma coisa engraçada. Primeiro você vai sem saber o que te espera e até tem aquele momento de descrença e pensa que "não vai dar em nada", mas mesmo assim você vai, afinal, você precisa fazer tudo o que for te ajudar nesse momento, certo?

Aí você percebe o quanto tinha à dizer, só não sabe o por que não dizia tudo isso antes. O peso das palavras que a gente não diz, mas carrega dentro de si é gritante. Diz a lenda que mulher fala bastante. E graças a Deus que a gente fala, imagina se a gente guardasse tudo dentro da gente?
Isso acontece porque nós temos o elemento sensibilidade muito aflorado. É como um super poder, a gente sente mais as coisas, vive as emoções, passa pelas sensações com mais intensidade, ri e chora no mesmo minuto. É uma loucura ser mulher, ninguém é tão intensa e doce e forte ao mesmo tempo como nós. Somos, portanto, fascinantes.

Na terapia tem aquele momento que parece que a gente sai do nosso corpo e se olha por outro ângulo. Nessa semana, num desses momentos que eu falava, e falava e falava, ascendeu uma luzinha na minha cabeça em tom de alerta: "quanto mimimi da minha parte", e só então a gente percebe que pessoa estranha é essa que a gente se torna sem perceber. Foi uma crítica minha, para mim mesma!

Mimimi faz parte do pacote de ser mulher, assim como temos nossos momentos frágeis e vulneráveis, temos nossos momentos de bravura. Terapia é um momento de bravura pra mim pois implica em um "passeio" dentro de mim, tanto na parte bonita, florida e ensolarada, quanto na cinzenta e fria parte feia.

Nunca mais tive dores no estômago depois da terapia, tudo, absolutamente tudo está sendo dito e digerido!
Falar com Deus também tem me ajudado muito, afinal ele sempre, sempre tem tempo para me escutar e eu nem preciso marcar hora para isso 

A terapeuta me deu um conselho precioso esta semana. Ela me disse: "Que tal começar a fazer mais as coisas que você quer fazer?"
Assim, sem complicar, sem ligar para os outros, seguindo a vontade do seu coração! Parece simples, né?
E pensando nessas palavras, ontem me deu vontade de mudar o visual e pintei meu cabelo de preto. Não sou fã de cabelo preto em mim, pois me sinto branquela. Mas surpreendentemente, me senti bonita. Marido aprovou!

Mas não ligue pra mim ou me leve á sério, pode ser que semana que vem eu decida ficar loira ou ruiva, ou que corte eu mesma a minha franja na pia do banheiro. Vai saber... Estou aflorando o meu lado "espontâneo" e nada controlado, só para variar um pouco. Se não der certo, a gente tenta de novo!
Já te falei que eu sou uma otimista incurável? 


Bjs

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Sexta-feira...

Porque hoje eu senti uma vontade incontrolável de compartilhar coisas bonitas...









Pinterest

Um ótimo Final de Semana para todos!!!
Bjs

sábado, 10 de maio de 2014

Um Domingo qualquer...

Essas fotos foram tiradas em um Domingo de Abril, provando que os Domingos são mesmo dias especiais 









Bjs

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Bem Vindo Maio...

Quero começar agradecendo todo mundo que deixou seu recadinho de carinho, apoio e compreensão no meu último post e quem me mandou e-mail também. Teve até quem se desculpou por se prolongar demais nos comentários, mas eu adorei cada um deles, todos sempre carregados de solidariedade e reflexão de suas próprias experiências. Essa troca de relatos é muito bem vinda nesse momento. Certamente vivemos tempos sobrecarregados, nunca a palavra "estresse" esteve tão discutida nas rodas de conversa, todos estamos sendo afetados. Mas eu estou sim otimista com o mês que se inicia, mas sem planejar demais cada passo... 
"um dia de cada vez" é meu novo lema!


Bjs