terça-feira, 30 de junho de 2015

Viva São João...

Junho já acabou e devo dizer que nós fizemos dele o mês mais festivo dos meses! Haja festa junina, pastel, pipoca, cuscuz e todas as guloseimas e doces deliciosamente típicos da temporada.

A primeira festa junina que fomos, foi lá no comecinho do mês. Aqui no meu bairro tem a Tradicional Festa na Paróquia de Santo Antonio e depois de um longo dia de Domingo nós decidimos jantar Pastéis. Não tem foto, porque foi de improviso. Mas pastel quentinho numa noite fria foi a melhor escolha.

No segundo final de semana foi a vez da Festa Junina da escolinha do Thomas, onde capricharam na decoração e investiram nas musiquinhas típicas, nada de sertanejo por lá. Ele já havia cantado a música e feito a coreografia para todos nós aqui de casa. A professora disse que ele se divertia muito nos ensaios.


Casal simpático... 

A professora do Thomas também foi a professora do Arthur nessa escola 

Depois veio a Festa Junina na escola do Arthur, que foi á noite. O legal é que lá os alunos maiores, do 3° ano que ensinam a coreografia aos pequenininhos e todo mundo dança junto.



E por fim, no último final de semana fomos a uma Festa Junina caprichada de alguns amigos. Tinha uma dupla sertaneja aqui da cidade tocando ao vivo e um carro de churros só para os convidados. Estava uma noite muito, muito fria, quase congelante. Foi a festa que mais comi!


fila do churros... 


E Viva São João!!!

Bjs

sábado, 27 de junho de 2015

Sobre os livros de colorir...

Há meses atrás, na febre dos livros de colorir, eu fui em busca do meu em grandes livrarias como Saraiva, Cultura, etc, mas já estavam esgotados e a lista de espera estava grande e então eu acabei deixando pra lá. Sim, eu poderia ter comprado pela internet, mas divertido pra mim é poder trazer pra casa comigo o que eu acabei de comprar.

Daí semana passada, marido foi ao centro da cidade resolver algumas coisas e trouxe um embrulho para mim. Era o Jardim Secreto. Ele disse que passou por uma papelaria e viu o livro na vitrine e então não pensou duas vezes.

Eu fiquei muito feliz com o livro, mas acredito que tenha ficado mais feliz ainda foi com o gesto dele. Marido ganhou uns pontinhos nesse dia, rs. Digo isso porque o fato dele ter visto e pensado em me agradar, foi para mim o verdadeiro presente 

E apesar de todas as piadinhas que vi pelo facebook, do tipo, "está faltando louça para lavar", "pintar todas essas folhinhas me estressou", "aff, que tédio pintar isso" e todas as outras coisas desdenhosas e amarguradas que li a respeito dele, eu realmente consegui sentar e aproveitar o momento. Estou usando o potinho de lápis dos meninos. Já fiquei dias sem pegar no livro e em outros dias 20 minutinhos já eram suficientes. Mas confesso que ás vezes não quero parar no meio do desenho e fico assim "só mais essa florzinha aqui"... mas eu já esperava ficar viciada nisso 


Bjs

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Tipografia...

Eu fiz algumas aulas de Photoshop recentemente, foi bem básico. Os recursos são infinitos e só fuçando para pegar o jeito. Mas eu gostei mesmo foi da "descoberta" da Tipografia, que em alguns casos traz um novo olhar sobre aquela foto. Eu andei brincando um pouquinho. Mas no Picasa e Paint também dá para fazer, basta baixar algumas fontes bem bonitas que existem disponíveis por aí 










Viu só como eu gostei da brincadeira?!

Um ótimo Final de semana para todos!!!
Bjs

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Paçoca com amor ♥

Em comemorações e datas especiais, eu estou sempre a procura de fazer uma gracinha aqui em casa. Muitas vezes bate aquela inspiração, uma ideia que brota na cabeça e que só sossega quando se concretiza. E nesse combo Dia dos Namorados / Festas Juninas, saiu uma paçoquinha com ganache. Muito, muito simples, mas que quando coloquei na mesa como sobremesa depois do jantar, tirou um sorriso do marido e dos meninos. E é isso que importa, certo?

Ingredientes

Paçoquinhas
Chocolate ao leite em barra
Creme de leite

(Não vou falar de quantidades, pois depende do quanto você quer fazer, eu fiz dois pratinhos pequenos, foram 10 paçoquinhas, 1/2 barra de chocolate e só um pouquinho de creme de leite)

Daí é bem simples, é só quebrar as paçoquinhas, forrá-las em uma forma e "socar" bem, mas muito mesmo, para que a camada fique durinha e então mais fácil de usar o furador. Para o ganache é só derreter o chocolate numa panelinha e acrescentar o creme de leite misturando bem. Depois é só cobrir as paçoquinhas com o chocolate e deixar na geladeira por um tempinho. Assim a paçoquinha fica mais durinha.





 O truque da seringa eu vi na internet. Peguei uma que nunca fui usada, mas você também pode ferver e esterilizar uma que você já usou.

Um ótimo (e apaixonante) dia dos namorados para todos!!!
Bjs

domingo, 7 de junho de 2015

Motim Fest...

O Motim Cultural é um festival que envolve música e arte, e foi criado por um grupo de jovens voluntários, carentes de diversão, cultura e entretenimento aqui da minha cidade. Nós fomos conhecer o festival semanas atrás e também porque uma das minhas sobrinhas participaria como a Princesa Anna (Frozen). Mesmo o público alvo sendo jovens e adolescentes e um Rock ensurdecedor tocando no palco (nada contra o Rock, é que estava muito alto mesmo, rs) muitos pais levaram os pequenos para o parque. E mesmo com todos os contratempos de um evento como esse, o tema da vez era o Circo, que acabou atraindo muita gente.





Minha sobrinha / afilhada


Quando estávamos indo embora, um menino se aproximou e quis fazer alguns truques de mágica para os meninos. Ele era super bonzinho e educado, e os meninos acreditaram de verdade nas mágicas dele. Uma pena que não me lembro o nome dele, mas ele era muito carismático!

Um ótimo Domingo para todos!!!
Bjs

quarta-feira, 3 de junho de 2015

O Sal da Terra...

No último Domingo eu assisti ao documentário " O Sal da Terra", que mostra a trajetória como fotógrafo do brasileiro Sebastião Salgado. Não bastasse as fotos belíssimas em preto e branco, a bela leitura da luz e o olhar preciso e apurado, o meu encantamento pelo ser humano, além do fotógrafo, foi maior. Este é um ser iluminado!


Foi impossível não ficar pensando em tudo aquilo que ele viu e registrou, a maneira como ele conduziu esse verdadeiro chamado, o sofrimento, a fome, a desesperança, a morte... tudo mostrado de forma crua, quase poética no filme. Há fotografias que nos remetem tristeza ou empatia, assim como há fotos que transmitem esperança e luz, provando o que eu já sabia: toda fotografia conta uma história!

Como fotógrafa amadora, apaixonada e sonhadora que sou, eu quero e me esforço sempre á fotografar o belo, o que passa despercebido, a gargalhada dos meus filhos, o momento feliz, o colorido... deve ser por isso que o documentário me deixou tão encantada, pois me fez refletir o gesto de fotografar sob uma perspectiva diferente. Sinto como se Sebastião Salgado, sem saber, tenha registrado a verdadeira maldade humana e de certa forma, mesmo que em um período infeliz e sombrio na história da Humanidade, ele foi necessário, foi corajoso... era lá que ele deveria estar e ao documentar tudo aquilo, cumpriu um importante papel 



Vale muito a pena assistir!
Bjs

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Bem Vindo Junho...

Junho chega trazendo um friozinho (e chuva!) fazendo a gente querer tomar chocolate quente, comer pinhão e fazer bolo todo dia. Reparou como a gente come no frio? Tem feriado prolongado, tem dia dos namorados e tem pipoca e "pulação" de fogueira com as Festas Juninas. Aliás, esse ano os meninos vão se apresentar nas suas respectivas escolas, já teve dancinha aqui em casa e olha... vai ser muito fofo ver os meus caipirinhas dançarem 
E vai ter também uma exposição fotográfica aqui na minha cidade em que vou participar, Yey!


Dá pra acreditar que já chegamos na metade do ano?

Uma ótima semana para todos!!!
Bjs